99
14 09

Perdoe-me, mas é preciso dizer que amar é uma merda

Odeio perdoar-te
Antes de você me pedir desculpa

Detesto te admirar
E me perder feliz em milímetros do seu rosto

Sinto raiva do seu silêncio
E o quebro querendo ouvir sua a voz a qualquer custo

Quero te ignorar
Mas seu corpo me atraí como a luz atraí insetos

Odeio seu choro
E sem entender nada me sinto mais triste que você

Quero muito te ignorar
Mas a forma como me diz oi muda tudo no meu dia…

Amar é uma merda
Mas até hoje eu não pude ser feliz sem amar-te

Postado por | | 51 Comentários .

Beto de Souza
Alguém que se perde facilmente entre cerveja, noites, amores, sexo, shows, músicas, letras, palavras, motos, asfalto, montanhas, amigos e nunca acha que é muito o muito pouco que viveu!

Leave a Reply

  • (will not be published)

Últimas Postagens

Amar é uma merda Mas até hoje eu não pude ser feliz sem amar-te

Perdoe-me, mas é preciso dizer que amar é uma merda

Piscina de correntes para mergulhar a alegria das crianças mortas.

A herança de todos os miseráveis

19
avenida-paulista

E fica tudo igual

Ninguém se mexe
Ninguém resiste
E fica tudo igual

Ninguém se mete
E só assiste
E a merda vira normal

Continue lendo…

146
galaxias

Chuva no Deserto Estelar

Meus olhos chovem
Pelas palavras que não ouvi
As que queria e as que deveria

Continue lendo…

64

Twitter

@pras_cucuias

Escreva também
no prascucuias

Ultrapasse a barreira do conformismo e mande seu texto para gente.

Envie seu texto

Assine nossa newsletter