89
18 08

O passado trás presente

O seu nome ecoa na minha mente
Como o sino que insiste
Em avisar sobre a missa das 18h

O seu corpo comprime meus anseios
Mas trás a tona os mesmos medos dos 16 anos

Quando eu te vejo chegar um carro bate
E eu não sei mais dizer se ainda são 14 cores que vejo

Não posso dizer que você é diferente
Todo ser tem as suas opções de ser
Você é a particularidade que eu escolhi

Quando sinto você vir passear
De mãos atadas em mim
E corpo indefeso
Eu entendo, o único sentido é te sentir.

Postado por | | 103 Comentários .

Tags:

Érica Gusmão
Um certo alguém simples que busca conhecimento e auto-conhecimento através dos escritos. Que se encanta por olhares e perde a noção do tempo tentando desvendá-los...

Leave a Reply

  • (will not be published)

Últimas Postagens

galaxias

Chuva no Deserto Estelar

Meus olhos chovem
Pelas palavras que não ouvi
As que queria e as que deveria

Continue lendo…

102
Concedemos o que havia de melhor?

Frases de 1 palavra só II – Perguntas

49
Será que tudo termina aqui?

Frases de 1 palavra só

45
Cavo um poço com as britadeiras dos meus olhos sangrentos e os estilhaços lapidam os corações de todos os seres rastejantes do vale do Anhangabaú.

Piazzas VI

112

Twitter

@pras_cucuias

Escreva também
no prascucuias

Ultrapasse a barreira do conformismo e mande seu texto para gente.

Envie seu texto

Assine nossa newsletter