Conto Carnavalesco – Homem da Meia Noite

Como posso estar tão cansado ainda no sábado de carnaval? A resposta certa é com certeza a quantidade de bebida e a longa viagem de Porto de Galinhas à Olinda, mas a resposta que gosto de usar é a falta de amor e de beijos que me assolam nesta atual festa da carne… pra não dizer que fiquei […]

Leia mais…

“Me dê a mão, me abraça…”

Carnaval sem gosto de folia. A gente se anula nos desfiles na TV. Congela na depreciação dos cabelos, nas moças rugas e nos vencimentos. Acabou a cerveja, ela canta o samba o enredo. Aumenta meu desespero, é isso, morremos. No jeito mais sem graça. Sid e Nancy voltariam pra acabar com tudo. Não é má […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: