Coca-cola, paranóia capitalista e noites em claro.

15/09/2011 Backstage

Juro que pensei em um nome melhor para começar a escrever isso mas acho que o cenário por aqui me fez ser muito sincero. São tantas da manhã e juro que logo mais eu acordo, o copo de coca é o meu lobo companheiro e isso não tem nada a ver com minha paranóia capitalista.

O livro que descansa em minha mesa, que acabo de ler, é o Manifesto da esquerda vicejante do Marcelo Mário de Melo e podem acreditar que isso também não tem relação alguma com minha paranóia. Sei que logo mais eu preparo uma resenha para entrar que aqui no site, mas por hora eu encho o rabo de coca e me contento em saber que o sono amanhã vai ser meu novo lobo companheiro.

[quote_left]Eu aceito as condições, mas não aceito feliz
Roberto Souza[/quote_left]Na caixa de entrada do e-mail tem um poema-coletivo que o Roberto incitou um começo, mas juro que não me sai uma linha. Deve ser porque eu sei, que nada que eu coloque ali vai manter qualidade daquelas primeiras linhas. Não me sai uma linha e esses é um dos poucos momentos que eu sei. Mas uma hora sai, deixa por hora ficar aqui maturando.

Então fiquem ligados que logo vem um coletivo e mais resenhas.Temos uma promoção em breve para lançar no twitter, mas antes disso uma hora de sono.

Um cara entre vielas cheias de gente e ônibus lotado. Que se perde em alguns bares e se põe a ver a velocidade dessa gente. E rir da estupidez dessa lógica.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

30/09/2016 Backstage

Se eu perdesse todos os meus medos (Versão áudio)

A mecânica é seguinte alguém escolhe um texto e dá para outro colunista ler. O resultado é esse ai que você confere acima. O texto acima é esse Se eu perdesse todos os meus medos, da coluna Sonhos viciados que a nossa amável Érica doou a voz. […]

Leia mais…

12/05/2014 Backstage
Próximo, e tenebroso, objetivo: escrever contos e depois um romance!

Os próximos passos…

31/07/2013 Backstage
Pras Cucuias mudou pra manter o espirito livre de sempre!

Novo layout!

23/07/2013 Backstage

9 – Não sou um cara supersticioso

9 meses demorei para nascer. 9 horas é o tempo que fico no trabalho. Moro numa casa que se somarmos todos os números o resultado é 9. Sai de casa as 9 da manhã e todas as luzes da cidade ainda estão acesas. [Minha cidade está sempre negra ou alguma variação disso.] […]

Leia mais…

22/07/2013 Backstage

Novidades em 3, 2, 1…

[…]

Leia mais…

10/01/2013 Backstage

Os 10 melhores de 2012

Mais um ano se foi e 2012 foi muito importante para nós dos prascucuias. Nunca escrevemos tanto e para celebrar a produção desse ano que passou escolhemos os 10 melhores na opinião de nós mesmos. […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: