Quem apertou o voltar?

A mente desafina,como o andar nessas noites delirantes,A moça implica,e fica gosto de plástico com traços tangerina. Os guardanapos são misérias,frases descontínuas de falsos escritores,que se foda os Anjos e seus escritos rebuscados.A noite silencia e a mente fica sufocada na morfina. Sufocada.Só penso em me livrar das tampas no balcão,das pegadas que denunciam meu […]

Leia mais…

Spider

Estafa.Estafa de bebedeira mesmo.a barriga pesando, a mente lenta.A boca seca e ainda chamando nomes. Idiotice, muita.Mas tô chapado e hoje é assim.como se fosse necessidade.Sei lá, carência de bêbado. Escrever.Queimar.Uma cama com novos lençois. Esses são meus sonhos,banhados de ácidoou uma merda qualquer. Bem vindos! […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: