Nosso jantar romântico é um desperdício

Nosso jantar romântico é um desperdício. Saciamos nossas vontades físicas, sonegando histórias e olhares. Nossa piada é um suicido ético, bem vestida, limpa e engomada. Entende? Nossa piada não tem graça. Nossa história sem clímax, um desperdício. Gastando a hora, azeite e tempero. Depois tem a gorjeta, dentes amarelos e desespero. Retórica da indiferença. Meus […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: