Músicas lançadas em 2011 que servem para festa

05/01/2012 Coletivo - Colunas

As músicas continuam valendo para 2012, então se tiver uma festa por ai, pode chamar a gente.

Wander Wildner já quis muita festa com Clash, Undertones e GBH, mas esse ano de 2011 reservou algumas coisas boas praquela sacudida na caveira, safadeza por trás das cortinas ou encher a cara mesmo.

I Might – Wilco

Não resisti.

Cat’s Eyes – Cat’s Eyes

Sombrio

Abducted – Cults

Hipster

Midnight City – M83

Hipster 2

Where I’m Going – Cut Copy

Hipster 3

Kapput – Destroyer

Música de motel – hora do sexo cabeça, só na cabeça

Romance – Wild Flag

Hora de pegar na mão da garota indie

It’s Real – Real Estate

Talvez role

How deep is your love? – The Rapture

Coisa fina

Do It Every Time  – Ringo Deathstar

Classe

How Can You Luv Me – Unknown Mortal Orchestra

Sarcófago mandou um alô forte

Lonely Boy – Black Keys

Tô sozinho sem garota, mas to bem, ahããã

Moving Further Away – The Horrors

Pra espantar todo mundo, a lista é minha mesmo

Apathy – Mikal Cronin

Teimosia continua

Amor Fati – Washed Out

Hora de relaxar

E você, acha que a festa precisa de outra música? Só não vale Michel Teló

Ia escrever uma coisa bem cafona aqui

Comentários

One thought on “Músicas lançadas em 2011 que servem para festa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

09/06/2014 Coletivo

Nus e Perdidos

Vou sair essa noite Pela rua e de mim mesmo Vou ser outro essa noite Desconhecido sair a esmo Desfaço os nós dos seus dedos Chupo seus lábios em flor Me dobro e te domino o desejo Façamos um de nós sentir dor […]

Leia mais…

05/02/2014 Coletivo

Coletivo Dois Quatro – Meu Pecado Solar

Estou aqui para você Como o girassol para o sol Mesmo sofrendo queimando Minha face sempre estará voltada para ti! Seu calor me aquece, mas queima Como minha pele quando te toco Me derreto nos seus braços… Mas é você que escorre pelos meus dedos […]

Leia mais…

16/01/2014 Coletivo

Coletivo Dois Três – O ônibus e os caminhos sem volta

Estico o braço e o ônibus para. Embarco no opaco viver do ônibus vazio, Percebo que deveria ter te olhado mais Pois não guardei como queria Todos os seus tracos, palavras e birras Me despedi como quem ia ver no outro dia […]

Leia mais…

06/01/2014 Coletivo
Todos meus poetas favoritos estão presentes / Alguns vivos, outros mortos, uma parcela perdidos.

Coletivo Dois Dois – Meu Velório

30/09/2013 Coletivo
Não se salva um condenado pelo destino de luxúria.

Coletivo Dois Um – Cafajeste com Sorriso no Rosto

15/04/2013 Coletivo

E brindaremos mais uma vez aos dias dourados. O verão dos nossos corações.

Queria ter uma ode aos 20 anos… mas eles por si só são uma ode! Uma ode a vida, aos erros, as incertezas e a brusca, e as vezes imensurável, alegria de simplesmente viver… […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: