O seu nome ecoa na minha mente
Como o sino que insiste
Em avisar sobre a missa das 18h

O seu corpo comprime meus anseios
Mas trás a tona os mesmos medos dos 16 anos

Quando eu te vejo chegar um carro bate
E eu não sei mais dizer se ainda são 14 cores que vejo

Não posso dizer que você é diferente
Todo ser tem as suas opções de ser
Você é a particularidade que eu escolhi

Quando sinto você vir passear
De mãos atadas em mim
E corpo indefeso
Eu entendo, o único sentido é te sentir.

Leave a Reply

  • (will not be published)

Últimas Postagens

Escreva também
no prascucuias

Ultrapasse a barreira do conformismo e mande seu texto para gente.

Envie seu texto

Assine nossa newsletter

[contact-form-7 id="3498" title="Newsletter"]