Caminhei só, te procurando pelo bairro japonês
que tantas vezes nos deu sabor, esbarrões e amor.

Nos vi sorrindo na espera pelo guioza.
Observei-nos folheando mangás sangrentos
Te vi roubando um beijo sabor Melona
quase toquei na gente discutindo Marvel
Ansiosos pelo lámen do Aska.

Tropecei em nós na escada em frente ao metrô
e percebi que me explicava sobre terror gore.

A garoa dissipou aquelas vívidas imagens.
Mormaço invadiu meu corpo e eu corri
Na esperança de te achar ainda em carne viva…

Leave a Reply

  • (will not be published)

Últimas Postagens

Escreva também
no prascucuias

Ultrapasse a barreira do conformismo e mande seu texto para gente.

Envie seu texto

Assine nossa newsletter

[contact-form-7 id="3498" title="Newsletter"]