A Luz do Sul – Osvaldo Junior

06/09/2011 Resenhas de Livros

Sabe aqueles textos que a gente escreve no calor de um amor, as vezes correspondido e as vezes não, que a gente tem vergonha ou receio de mostrar as pessoas por que as vezes não temos distanciamento pra saber se é bom ou ruim? Ai ficamos inseguros e lá se vão bons textos, cheios de significado e sentimentos, para uma gaveta… uma pena.

Porém aqui neste livro que chegou as nossas mãos, “A Luz do Sul”, Osvaldo Junior não teve disso! E ainda bem! Afinal não é todo dia que lemos um autor mais preocupado em passar o que sente (ou sentiu) do que manter métrica, ritmo, ou qualquer uma dessas definições bem quadradas e chatas para o que escreve…

  • Ficha técnica:

Editora: Above Publicações
Autor: Osvaldo Junior Pansera Waczuk
ISBN: 9788563080134
Número de Páginas: 116

Eu sou um grande leitor de livros de poesias, e pra mim não são livros que se lê numa tacada só, temos que ir lendo, pensando sobre o que lemos e aos poucos entendendo melhor o autor, sendo assim um livro de poesia é uma das coisas mais invasivas que um autor pode fazer a si mesmo!

No texto vai ler alguns trechos do livro.

E mais, não deve ser fácil escrever sem máscaras, sem estar escondido atrás de palavras que podem dizer várias coisas, ele é direto, e isso é ter coragem.[quote_left]Nas noites por não conseguir dormi, parece feiticeira a me encantar com seu brilho, me fazendo perder até mesmo o juízo, por imaginar o perfume de sua pele macia, envolto em longos cabelos negros, faz a escuridão do espaço parecer pequena na circunferência de sua pupila.

E para “A Luz do Sul” não é diferente, em cada um dos poemas e textos de Osvaldo está um pouco dele, do que sentiu, e de uma forma “crua”, isto é, simples, sem subterfúgios, sem fazer paralelos ou metáforas.[/quote_left]

O livro é fácil de ler, cada página é ocupada por um texto e uma diagramação diferente, as vezes é um fundo que imita uma folha de caderno, outras são desenhos, e assim como cada texto é único, cada imagem também é, e isso é de um cuidado e delicadeza que vale a pena prestar atenção na relação entre as imagens e o texto.
[quote_right]Anjos também choram, porque a dor é a razão de todo ser, sentidos temos em nossa vida, caminhos que fazem sangrar nosso peito.[/quote_right]
Para quem ainda não tem o costume de ler poesias e para os que, assim como Osvaldo, acreditam no amor sem ter medo dele, será uma leitura ótima.

Fiquei me imaginando com 17 ou 18 anos lendo essas poesias e tenho certeza que me veria em muitas delas. Quem teve a sorte de ainda não perder essa coisa maravilhosa que é ser adolescente para o amor, vai se sentir agraciado a cada linha.

Para adquirir é fácil, no site da Livraria Cultural (http://www.livrariacultura.com.br) é só buscar o livro “A Luz do Sul” que acha. Ou então pode entrar direto no blog do autor (http://osvaldoescritor.wordpress.com/) e ter mais informações sobre ele e o livro.

Recomendamos demais a leitura! E damos 8 corvinhos!!

Alguém que se perde facilmente entre cerveja, noites, amores, sexo, shows, músicas, letras, palavras, motos, asfalto, montanhas, amigos e nunca acha que é muito o muito pouco que viveu!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

13/02/2012 Resenhas de Livros

Ultraje a rigor – Nós vamos invadir a sua praia – Andréa Ascenção

Uma, duas páginas e já deu vontade de pegar um ônibus e cair na estrada. Se ser jogador de futebol não era teu sonho, talvez botar o pé na estada sim. Aterrorizar hotéis e estar em duas cidades num mesmo dia. Ia ser uma boa. Na terceira página você quase liga pros amigos e pensa […]

Leia mais…

07/01/2012 Resenhas de Livros

Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios – Marçal Aquino

Gosto dos livros por causa de cada história que eles carregam, essa frase parece óbvia demais não? Quase isso. Muito além das palavras impressas em cada encardenado temos um apego, uma dedicatória, um amor, um amigo. Cada livro vira um registro do espaço tempo das nossas vidas. Como músicas de infância, as trilhas sonoras dos […]

Leia mais…

22/11/2011 Resenhas de Livros

Natimorto – Lourenço Mutarelli

Conheci o Mutarelli pra valer quando ganhei o Jesus Kid, outro livro do cara, só sabia até então que ele tinha escrito o romance Cheiro do Ralo e atuava no filme. Mas Jesus Kid merece uma resenha só pra ele. O natimorto foi outro presente. Esse, não reserva tanto humor como Jesus Kid, mas é […]

Leia mais…

22/09/2011 Resenhas de Livros

O Capitão Saiu para o Almoço e os Marinheiros Tomaram Conta do Navio – Charles Bukowski

Já tinha lido outros do bukowski, iniciei pelos poemas. E esse é dos bons, se acha em banca de jornal, não é tão caro e se lê rapidinho. O último dos beats, o escritor dos mordenetes. Escolha seu rótulo, mas tudo isso você pode ler em qualquer lugar. Comecei a ler Bukowski porque ele é […]

Leia mais…

06/09/2011 Resenhas de Livros

A Luz do Sul – Osvaldo Junior

Sabe aqueles textos que a gente escreve no calor de um amor, as vezes correspondido e as vezes não, que a gente tem vergonha ou receio de mostrar as pessoas por que as vezes não temos distanciamento pra saber se é bom ou ruim? Ai ficamos inseguros e lá se vão bons textos, cheios de […]

Leia mais…

24/08/2011 Resenhas de Livros

Caos – Terrorismo poético e outros crimes exemplares – Hakim Bey

Qual melhor livro que eu já li? – Caos – Terrorismo poético e outros crimes exemplares! Assim, rápido, sem muito pensar. Talvez pensando com carinho exista algum outro, mas não importa, ele o é top of mind. Mas vou chegar até aqui, antes vou voltar e contar uma histórinha. Teve um tempo que dei de […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: