Perdido

Perdeu o sonho ao acordar assustado pra vida Viu ficar sem saída seu esquecido impeto da infância Deixou morrer sedenta e calada sua esperança E em coma ficaram suas velhas lembranças E atrás de cada não, de cada agonia de fim de dia Por baixo do sorriso mole que se faz com cerveja […]

Leia mais…

Coletivo Um Um – Cólera das noites

Eu e os lobos nesse quarto, até essas tantas da noite. Um fio de luz queima nossos olhos, ninguém se importa. Nossa pele pútrida cai aos poucos, nossa boca soletra os mesmos erros e nossos corpos vão pra longe, cada vez mais distantes. Cada ser entoa suas lamúrias, seus grunhidos, se esfrega em outros corpos […]

Leia mais…

Millennium – Mais que um bar de Faculdade ou A Deusa da Mesa ao Lado

Ele costuma terminar as aulas no Millennium, um bar que fica em frente a UniABC, é um desses bares de faculdade, que servem lanches e tem cerveja a preço justo. É maior que a maioria, e como ele tem amigos que fumam, eles costumam ficar do lado de fora, onde tem uma pracinha legal com […]

Leia mais…

Saí pra beber!

Fui ao bar nesta noite pensando em não sair de pé Limpei as lágrimas com as mangas da camisa puída Pedi a velha cerveja, tirei 5 conto e perguntei “quanto é?” Quis saber onde é o banheiro e não saber onde é a saída Fingi que cada copo cheio era sua boca E beijei e […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: