Indiferença as 8 da manhã

Ela canta uma canção latina-americana. Simula um rebolado quase cubano, quase sensual. Desfila nos trilhos do metrô com suas meias 3/4. Batom vermelho exagerado. Sua boca ilumina os buracos sujos dessa cidade Sua palidez quase anêmica e seu batom vermelho desalinhado. Os homens estão congelados, deve ser o sotaque com erros ingênuos ou sua dança […]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: