Gosto de café

04/09/2013 Zumbido Fugaz

Você tinha gosto de poesia com café
contenta mas não sustenta
era um gosto amargo de passado
que não tinha acabado de escrever.

Eu me intrometia entre os seus dedos
desleixada quase te machucava
só que uma parte blindada te protegia
nunca me deixava totalmente em você.


Nem eu, nem você estávamos imunes
era a consequência da convivência
o apego que chega sem convite
que deixa dez chamadas perdidas.

Deslumbrei-me com o canto cifrado
quase cai na armadilha musical
e vi que não precisava de você.
Precisava ter te conhecido,
só que não de você para sempre.

O jeito hippie, sem pretensões
pode até encantar, mas não segurar.
Eu preciso de algo além de você
preciso de Fernando Pessoa
para nutrir a minha alma.
Preciso de chocolate quente
para alegrias em sábados demonstrar.

Desmontei a sua personalidade
que já não era nada de novo
e continuei a correr pelo meu jardim
sem você, que nem ao menos fez falta
porque não me sustentava por completo.

Um certo alguém simples que busca conhecimento e auto-conhecimento através dos escritos. Que se encanta por olhares e perde a noção do tempo tentando desvendá-los...

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

18/08/2016 Zumbido Fugaz

O passado trás presente

O seu nome ecoa na minha mente Como o sino que insiste Em avisar sobre a missa das 18h O seu corpo comprime meus anseios Mas trás a tona os mesmos medos dos 16 anos Quando eu te vejo chegar um carro bate E eu não sei mais dizer se ainda são 14 cores que […]

Leia mais…

23/07/2016 Zumbido Fugaz

Frases de 1 palavra só II – Perguntas

Tudo termina por aqui? Como? Quando? Por quê? Tinha algo bom por aqui? Ansiamos? Erramos? Jogamos? Precisamos trazer a sorte? Talvez? Você sabe? Não? Concedemos o que havia de melhor? Brindamos? Entregamos? Transamos? Eu naõ sei… […]

Leia mais…

24/06/2015 Zumbido Fugaz

Procure e ache

[…]

Leia mais…

09/06/2015 Zumbido Fugaz

Quando eu não te encontrei

Caminhei só, te procurando pelo bairro japonês que tantas vezes nos deu sabor, esbarrões e amor. […]

Leia mais…

08/05/2015 Zumbido Fugaz

Pedacinhos

[…]

Leia mais…

31/03/2015 Zumbido Fugaz

Por todo o tempo

[…]

Leia mais…

Artista



Acervo público Metropolitan Museum of Arts, créditos: